novembro 28, 2022

Libra

Informações sobre Brazil. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Journaloleme

Dados do telescópio Hubble indicam que uma “coisa estranha” está acontecendo no universo

nasa, nasa hubble telescope, hubble space telescope,

O Telescópio Espacial Hubble é uma das ferramentas mais poderosas que o mundo conhece quando se trata de medições interestelares. Com mais de um bilhão de imagens de fenômenos estranhos e intrigantes acontecendo ao redor do universo na ponta dos dedos, o Hubble está atualmente trabalhando em uma tarefa de larga escala – determinar a rapidez com que nosso universo está se expandindo.

As novas descobertas agora indicam que o universo não está se expandindo a uma taxa uniforme. A NASA sugeriu que “algo estranho” está acontecendo no universo devido a uma discrepância na taxa de expansão do universo ao nosso redor e observações feitas após o Big Bang.

O estudo de como e quão rápido o universo se expandiu começou décadas atrás na década de 1920, quando as medições de Edwin B. Hubble acrescentou que essas galáxias estavam se movendo a uma taxa cada vez mais irregular. Quanto mais distante a galáxia está da Terra, mais rápido ela está se afastando.

Desde então, os cientistas vêm tentando entender o fenômeno e medir a taxa dessa expansão. No entanto, com os dados do Hubble agora disponíveis, parece que essa expansão é mais rápida do que os modelos esperavam. Em vez de 67,5 (mais ou menos 0,5) quilômetros por segundo por megaparsec, as observações observam 73 (mais ou menos 1) quilômetros por segundo por megaparsec.

Os cientistas estão atualmente estudando o fenômeno peculiar de um conjunto de “mercados de inclinação” de tempo e espaço. Estes podem ser usados ​​para rastrear a taxa de expansão do universo à medida que galáxias distantes continuam se afastando de nós. A NASA disse que o Hubble calibrou mais de 40 marcadores de milhas desde que o telescópio foi lançado em 1990.

READ  O foguete lunar Artemis alcança conquistas notáveis, apesar dos problemas durante os testes críticos de pré-lançamento

À medida que novos dados iniciam uma nova avaliação de nossa compreensão da expansão do universo, os cientistas agora aguardam dados do novo Telescópio Espacial James Webb que permitirão uma visão mais profunda da matéria. “O Telescópio Espacial Webb estenderá o trabalho do Hubble mostrando sinais de características cósmicas em distâncias maiores ou em uma resolução maior do que o Hubble pode ver”, disse a NASA.