junho 27, 2022

Libra

Informações sobre Brazil. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Journaloleme

Em um desenvolvimento selvagem, os físicos reviveram uma teoria alternativa da gravidade

Em um desenvolvimento selvagem, os físicos reviveram uma teoria alternativa da gravidade

Nas profundezas escuras do espaço, nossos modelos do universo tornam-se caóticos. Um novo estudo olhando para a galáxia anã superdifusa AGC 114905 reviveu uma teoria controversa (ou Mais precisamente hipótese) do que a gravidade, e nos deu mais perguntas do que respostas sobre o que faz nossas galáxias funcionarem.

Tudo começa com matéria escura – Ou neste caso, não há matéria escura. Embora a maioria dos cosmólogos concorde que existe algo chamado “matéria escura” que causa Galáxias espirais giram mais rápido do que deveriamMesmo a matéria escura não responde a todas as perguntas que precisamos.

Portanto, não é uma boa ideia olhar para algumas opções alternativas. Você sabe, apenas no caso de não conseguirmos encontrar as coisas.

Uma hipótese alternativa é chamada de matéria escura Dinâmica de Newton modificada (MOND) ou quadro dinâmico Milgromiano. Esta hipótese – publicada pela primeira vez pelo físico Mordihai Milgrom em 1983 – sugere que não precisamos de matéria escura para preencher as lacunas gravitacionais no universo, se calcularmos as forças gravitacionais que as estrelas nas regiões galácticas externas experimentam de forma diferente das leis de Newton. Sugerir.

Para testar essa ideia, que envolve trabalhar em proporção ao raio de uma estrela ou aceleração centrípeta, precisamos considerar as velocidades das galáxias – galáxias especificamente exóticas como Galáxias ultra-difundidas.

Esses patinhos feios e escuros no reino galáctico têm o hábito de não se comportar como um galáctico. Por exemplo, algumas galáxias super espalhadas parecer Consiste quase inteiramente de matéria escura, enquanto outros materiais são quase completamente desprovidos de matéria escura.

E é aí que entra o AGC 114905. Esta galáxia anã é altamente difusa. Cerca de 250 milhões de anos-luz de distância Recentemente detalhado em Trabalho publicado em 2021 Investigue o quão rápido ele gira.

READ  Cientistas estão percebendo que uma misteriosa e recorrente explosão de rádio do espaço parece estranhamente familiar

Mas essa equipe descobriu que a rotação da galáxia era muito lenta – lenta o suficiente para que eles não apenas precisassem de matéria escura para confirmar os modelos, mas também da curva de rotação galáctica que lança dúvidas sobre a estrutura MOND. Não se encaixa em nenhuma das hipóteses.

“A velocidade de rotação extremamente baixa relatada desta galáxia é incompatível tanto com o MOND quanto com a abordagem padrão da matéria escura,” O físico da Universidade de St Andrews e um dos pesquisadores do novo artigo, Hong-Sheng Zhao.

“Mas apenas Mond é capaz de contornar essa aparente contradição.”

O novo artigo revelou a descoberta de 2021, que sugere que o problema não está no MOND, mas sim na inclinação da própria galáxia.

Quando olhamos para galáxias distantes nas profundezas do espaço, às vezes pode ser difícil confirmar o ângulo que estamos vendo. A equipe original descobriu que o AGC 114905 parecia elíptico, indicando que estamos olhando para a galáxia de um ângulo.

Mas usando simulações, os pesquisadores agora sugerem que a galáxia pode parecer elíptica mesmo quando diretamente voltada para nós. Alterar o ângulo da galáxia para nós também mudará a velocidade de rotação da galáxia, o que faz com que todos os cálculos do MOND sejam somados.

“Nossas simulações mostram que a inclinação do AGC 114905 pode ser muito menor do que o que foi relatado, o que significa que a galáxia está de fato girando muito mais rápido do que as pessoas pensam, de acordo com as previsões do MOND,” O principal autor do novo artigo, o físico Indranil Panek, diz:também da Universidade de St Andrews.

Agora, esta questão ainda está em aberto. Não sabemos se este novo cartão, ou o cartão de 2021 será coroado vitorioso – ou pelo menos o mais saudável.

READ  O rover Curiosity da NASA detectou uma 'entrada' em Marte

Enquanto isso, se essa nova descoberta persistir, parece que a estrutura do MOND pode continuar por mais um dia. Por mais selvagem que o MOND possa ser, com a matéria escura permanecendo indescritível e tantas outras perguntas ainda a serem respondidas, precisamos de todas as opções que pudermos obter.

A pesquisa foi publicada em Avisos mensais da Royal Astronomical Society.